domingo, 2 de outubro de 2011

Pintura e poesia de Alfredo Gabriel


Religiosas  - Técnica mista - ano de 2011

Não hás, de assombrar-te com sombras quaisquer.
Terás sempre calma, pois te darei paz,
Para que assim mulher, jamais duvide
Da morada tua, que é meu coração.

...Não hás, de solidão sofrer... esteja certa, pois
Tenho aberta toda minha alma, para acolher-te
Em qualquer circunstância.

Não hás, de perceber, sequer... uma distância minha,
Pois te quero, pertinho, coladinha, para seguirmos
Pela eternidade, lado a lado!
Por essa graça Senhor; muito obrigado.

Um comentário:

  1. Gaudencio Guimaraes29 de outubro de 2011 15:23

    "Expressar-me sobre ALFREDOM GABRIEL e SUAS ABRAS, para mim, é um privilégio.
    Como seu amigo a mais de trinta e cinco anos sou conhecedor da maioria de suas obras, das quais tenho o privilégio de ser possuidor de algumas.
    Como autodidata nas artes de pintura, escultura, composisão e execução musical e poesia, o considero difereciado.
    Como pintor já essisti exposição sua no Hotel Intercontinental/RJ onde ele concorria com pintores com formação da Escola de Belas Artes.
    Como compositor é autor de NEM PENSAR (bolero), DEIXA QUE TE FAÇA (chorinho) e AVESSO, DE MIM e SE TE MACHUCAREM (mpb) entre outras.
    Como poeta, autor de mais de oitocesntos poemas, nos quais passa uma sensibilidade e uma espiritualidade que transcende a sua beleza interior, citarei dois. Um que ele fez em homenagem a minha mãe e outro que, a pedido de minha irmã, à Equipe Epática de Hospital de Geral de Bonsucesso/RJ.

    "Zefinha,...e daí...
    Quem é Zefinha?... Zefinha,
    é mão de uma prole equilibrada.
    Guerreira audaz!
    Fadada a vencedora!
    Professoa catedrática em vivência.
    Zefinha, é a essência das mães com apreço.
    Zefinha, tem endereço para mostrar-se,
    sem os disfarces comportamentais.
    Zefinha?...
    É tudo isso, e muito mais! (A querida Zefinha - Alfredo Gabriel, amigo)"


    "Que cirurgia (se existisse) pudesse ser feita para imitá-los um pouquinho apenas, não exitaria: Faria com o méximo prazer!
    Não é querer enaltecer tão nobres criaturas, são posturas. E é o que soberja em todos voces. Pelo imenso carinho, pela sensatez, pela indiscultivel competência e o amor desse Grupo de Deus, os agradecimentos meus.
    E, em adendo, essa observação: seria candidata com certeza, para fazer, com toda segurança a cirurgia em questão."
    Gaudencio Guimaraes, 29/11/2011

    ResponderExcluir