domingo, 25 de março de 2012

Escultura de Alfredo Gabriel - Ano de 2012

Papelão moldado nº 1

2 comentários:

  1. Irretocável!
    Arte é ou não é. Não existe o "falta um pingo ali para ser arte, para ser bom. Ou por esse caminho você chega lá"
    Ninguém sabe se vai chegar e por onde chega. Não existe certo e errado em arte. Não existe caminho, este se faz ao caminhar como disse o meu homônimo poeta espanhol.
    Está bom e pronto!
    Nem estilo existe tampouco, existe a obra que é em si mesma uma eterna procura do nada. A arte não leva a nada nem a lugar nenhum. Ela é o lugar e não representa porque é!
    Seu modernismo não me surpreende, me agrada!
    É interessante notar que seus ídolos não são artistas modernos!
    Van Gogh cultuava os mestres clássicos, barrocos, realistas, românticos!
    Isso é assim mesmo, dificilmente nos compreendemos. Mas fica a dica: Introspectar e depois explodir sem medo de ser, e de ser feliz! O mundo nos espera ávidamente. A arte é quase só o que sobrou da aventura humana, do progresso devorador, dos valores da civilização! Tão importante é a arte para a evolução do pensamento e sentimentos humanos que todos os tiranos tentam ocultá-la, controlá-la, destrui-la, manipulá-la. Dela eles morrem de medo. Pois a arte é libertadora em si mesma e por si mesma! Haja vista o sucesso da mesma em tratamentos psiquiátricos: a arte liberta até dos grilhões da loucura!!!
    Um grande abraço

    ResponderExcluir
  2. Gaudencio Guimarães12 de abril de 2012 20:47

    Nada a acrescentar ao ilustrado e esclarecedor comentário do não menos grande Antonio Machado. Em minha modesta opinião esta obra está à altura do mestre Oscar Niemeyer.

    ResponderExcluir